jusbrasil.com.br
22 de Agosto de 2019

Escritório de advocacia de sucesso

A importância de estudar o mercado e detectar onde estão seus futuros clientes.

Astrea Software, Gerente de Marketing
Publicado por Astrea Software
há 4 anos

Escritrio de Advocacia de Sucesso

Uma das etapas mais importantes para montar o primeiro escritório de advocacia é conhecer o mercado e saber detectar onde estão seus futuros clientes. Afinal, sem clientes não há escritório de advocacia. Os clientes de escritórios não compram só serviços, mas soluções para algo que precisam ou desejam.

A análise de mercado é um ponto importante para o seu escritório de advocacia. Para determinar seu nicho e encontrar os seus clientes, nós selecionamos 3 tópicos que devem ser explorados: o cliente, os concorrentes e os fornecedores.

CLIENTES

Sem clientes não existe escritório de advocacia. É fundamental entender quem são, suas necessidades e onde podem ser encontrados.

Você precisa conhecer muito bem para quem vai oferecer seu serviço jurídico. Em muitos casos, existe mais de um segmento de clientes. Lembre-se de elencar aqueles que considera mais importantes. Certamente, quanto mais souber sobre seus clientes potenciais, em melhor situação você estará.

Para conhecer seu cliente, você pode contratar uma consultoria especializada em escritórios de advocacia ou fazer você mesmo. Aplicar questionários estruturados, fazer entrevistas e até mesmo observar atentamente seus concorrentes são formas de começar a entender seu público.

Para compreender melhor seus clientes, siga os passos a seguir e tente responder as perguntas.

Identifique as características gerais do cliente:

> Se o seu cliente é pessoa física:

  • Qual a faixa etária e o sexo dele?
  • Qual a renda familiar?
  • Qual o tipo de trabalho do cliente?
  • Qual o tamanho da sua família?
  • Onde moram e qual sua escolaridade?

> Se o seu cliente é pessoa jurídica:

  • É importante saber em que ramo atuam e que tipo de serviços e produtos oferecem.
  • Quanto tempo está no mercado e quantos empregados tem?
  • Possui filiais ou é franquia?
  • Qual a sua capacidade de pagamento?
  • Como é sua imagem no mercado?

Respondidas essas perguntas, o próximo passo é a identificação dos interesses e comportamentos do cliente, como:

  • Qual a frequência e a quantidade que o seu cliente compra esse tipo de serviço jurídico que você está oferecendo?
  • Onde costuma adquirir e qual o preço que paga?

Na sequência, tente identificar o que os leva a contratar os serviços de um advogado:

  • O preço cobrado?
  • A qualidade dos serviços jurídicos?
  • A marca do escritório de advocacia?
  • O atendimento do advogado?

Por último, identifique onde estão seus clientes.

Determine o tamanho do mercado que seu escritório de advocacia atuará: na sua rua, no seu bairro, na sua cidade, no estado, no país ou mesmo em outros países?

Neste ponto, é importante fazer uma análise do seu escritório de advocacia e sua presença digital. E o mais importante: seu cliente encontrará o escritório de advocacia com facilidade?

CONCORRENTES

Com seu cliente conhecido e estudado, é hora de partir para o passo seguinte: análise dos concorrentes.

Observar a concorrência é fundamental Você será capaz de identificar as deficiências e as vantagens dela e determinar os possíveis pontos fracos e fortes do seu escritório de advocacia. Além de não cometer os erros que já foram cometidos por outros advogados.

Mas quem são os concorrentes? Os concorrentes são aqueles advogados ou sociedades que atuam na mesma área que você.

Um método interessante para avaliar os advogados concorrentes é fazer um quadro avaliativo, comparando o seu próprio escritório com a concorrência e enumerando os pontos fortes e fracos. Após fazer as comparações, é hora de tirar algumas conclusões:

  • Seu escritório será capaz de competir com os concorrentes?
  • Qual será seu diferencial como advogado?
  • O mercado comporta outro escritório de advocacia nessa área de atuação ou já está saturado?

FORNECEDORES

O terceiro item da análise de mercado é o estudo dos fornecedores.

Você deve iniciar essa análise identificando quem serão seus fornecedores, onde se localizam, tempo para o produto chegar, frete, custos em geral e condições de pagamento. Essas informações são importantes para determinar o investimento inicial necessário e algumas das despesas do escritório de advocacia.

Para cada item, escolha três potenciais fornecedores e mantenha sempre contato com todos, independente de escolher apenas um para abastecer o escritório.

Fazer pesquisa de preço facilita a coleta de informações sobre o que se deseja adquirir e aumenta as chances de tomar decisões mais acertadas. É importante lembrar que alguns fornecedores exigem quantidade mínima de compra.

  • Dica: escolha apenas uma parte do mercado para atender. Encontre um grupo de pessoas ou empresas com características parecidas e trate-os de maneira especial. Um escritório é sustentável quando tem clientes em quantidade e com poder de compra suficiente para realizar vendas que cubram as despesas, gerando lucro.

Quer saber mais? Baixe o nosso eBook:

Escritrio de Advocacia de Sucesso

Fonte: Astrea Software

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)